segunda-feira, 14 de abril de 2014

Os zoológicos humanos do fim do séc XIX

Olá meus caros mundanos,espero que vocês tenham tido um fim de semana satisfatório e que já estejam se preparando para esse feriado que se aproxima,eu pelo menos aproveitarei muito,pois irei viajar e já de antemão aviso que na semana seguinte a maioria das postagens serão programadas.
Hoje vou falar de assunto que poderá e vai espantar e enojar há muitos,pois na minha humilde opinião essa foi uma época em que o racismo imperou de forma cruel e indiscriminada.estou falando dos antigos zoológicos humanos que surgiram na Europa no fim do séc XIX,e sim você que está lendo entendeu muito bem,vários zoológicos onde o intuito era mostrar raças inferiores e selvagens com classificação de degradação humana segundo a sociedade branca da época.
Muitos caçadores iam a Africá,Austrália,Guiana e até mesmo o Brasil para capturar seres humanos que eles consideravam exóticos,selvagens,canibais,enfim a escória da

quarta-feira, 9 de abril de 2014

Histeria coletiva 3: A tragédia do Cine Oberdan

A história aconteceu em abril de 1938 em São Paulo e teve um final assustadoramente trágico, no entanto, começou de uma forma curiosa. Segundo relatos de presentes no local, um pânico tomou conta de uma das salas do Cine Oberdan por conta de um grito de fogo.
No entanto, nunca houve qualquer sinal de incêndio. Muitos atribuíram o ocorrido a certo momento do filme em que dois aviões se chocavam, o que teria motivado o grito de um espectador. Mesmo sem sinais de fumaça, a sala lotada de crianças foi invadida pela histeria coletiva, o que resultou em dezenas de pessoas pisoteadas e mais de 30 mortos.

Arte macabra: Alicia Martins Lopez

É uma artista contemporânea que mescla pintura a óleo com imagem digital para criar obras no minimo estranhas,mas que não deixam de ser belas em sua bizarrice.
As suas obras mais recentes obras são inspiradas por seu medo e demônios interiores resultando em pinturas sombrias mostrando que podemos ser assombrados pelo nosso inconsciente a qualquer momento,a cada pincelada a artista delineia suas angustias e apreensões do qual muitas vezes acabam nos aprisionando em nossas mentes de uma maneira assustadora e desconcertante.
Confira abaixo algumas de suas obras:

terça-feira, 8 de abril de 2014

Mandrágora a planta do diabo

Essa planta pouco conhecida tem lendas muito antigas que remontam há uma época antes de Cristo.
A mandrágora é conhecida por ser uma planta que tem frutos parecidos com uma maçã amarela,por ser venenosa,alucinógena,afrodisíaca,mas principalmente é conhecida por suas raízes possuírem um formato humanoide e por isso tantas lendas bizarras ao seu redor.
Na idade média acreditava-se que a planta nascia quando o sêmen  de um homem próximo da morte caia na terra,ou então o nascia do sêmen de um homem enforcado que caia na terra,ou nascia onde homens que tinham sido criminosos,hereges haviam sido enterrados.
A planta era usada em diversas áreas, principalmente no ocultismo onde era usada para fazer poções,amuletos,remédios,estimulante sexuais,analgésicos e também suas raízes eram mantidas intactas para serem comercializadas com seu uso destinado
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Postagens

acompanhe

Comentários

comente também

Copyright © 2013 - Meu mundo e assim |
Design by Betto wert | Tecnologia do Blogger
    Twitter Facebook Google + YouTube