sexta-feira, 15 de janeiro de 2016

Caso Sakikabara Seito inspiração para o anime Another

Um dos mais sinistros casos envolvendo crianças psicopatas assassinas ocorreu no Japão. Em 15 de Março de 1997, Ayaka Yamashita, de 10 anos, foi encontrada morta em um beco na cidade de Kobe. Ela havia sido espancada até a morte com uma barra de ferro. Três outras garotas foram atacadas na mesma região. Elas descreveram o atacante como um “menino”. Um mês depois, em 27 de maio de 1997, um estudante de 11 anos chamado Jun Hase desapareceu na frente do portão do colégio. Sua cabeça foi encontrada 3 dias depois pelo zelador um pouco antes dos estudantes entrarem. O estudante fora decapitado com uma serra manual e para dar um ar de filme de terror ao assassinato, havia um bilhete dentro da sua boca, escrito com tinta vermelha. O

quinta-feira, 14 de janeiro de 2016

A lenda da garota da lacuna

No meio da noite, a pequena Naoko, acordou em seu quarto e quis ir ao quarto dos pais.
Desceu da cama, pegou sua boneca pelo bracinho e levou consigo.
“Vem comigo, Ayako!” – a pequena disse à boneca.
Naoko seguiu pela casa, indo em direção ao quarto dos pais, mas ao passar pela sala pensou ter visto algo atrás dos móveis.
A pequena se esticava tentando ver o que havia atrás do móvel. Com um pouco de receio, mas a curiosidade era maior. Ficou muito surpresa ao perceber que era outra menina!

“Quem é você?” – perguntou Naoko.

quarta-feira, 13 de janeiro de 2016

O túnel assombrado de Kiyotaki

Em 1927 o túnel Kyotaki começou a ser construído. Segundo a lenda a mão de obra utilizada na construção era escreva, logo podemos imaginar as condições de trabalho a que os operários estavam submetidos.
No Japão a escravidão havia sido oficialmente abolida no século XVI, mas havia um jeitinho de driblar a norma vigente: escravidão contratual. Nesse caso o escravo possuía um contrato de trabalho, mas não recebia salário, ou recebia, mas deveria dar seu salário ao seu empregador, para que esse comprasse os mantimentos necessários, logo o empregador superfaturava os valores dos mantimentos, ou na maior cara de pau desviava o dinheiro do operário. Esse tipo de trabalho escravo existe até hoje em diferentes partes do mundo, inclusive no Brasil.

terça-feira, 12 de janeiro de 2016

A maldição de Ju-on

A maldição do ju-on é a maldição de quem morre vítima de fúria violenta, ela ganha força e se instala aonde essa pessoa viveu, quem cruza seu caminho morre e uma nova maldição nasce. Essa lenda é muito conhecida no Japão, Kayako era uma mulher jovem e bonita casada e tinha um filho, esse filho tinha um gato no qual adorava muito, porém apesar das boas condições de vida e uma boa família, Kayako não era feliz.
Ela amava seu professor de universidade, tanto que escrevia no diário todos os dias só conteúdo dele. Em um dia como outro qualquer, ela saiu pra ir pra aula e para ver seu amado. À tarde quando voltou percebeu algo de estranho, tudo estava muito quieto, muito silencioso.

segunda-feira, 11 de janeiro de 2016

A possessão de Michael Taylor

Michael Taylor, era um inglês conhecido por sei jeito pacato e que a gradava a todos os habitantes de uma pequena cidade chamada Osset, e a única particularidade que tinha é que de tempos em tempos tinha crises depressivas, pois devido a seu estado de saúde não conseguir ficar em um emprego por muito tempo, além de calmo, também era um bom pai e marido quase servindo de exemplo para as pessoas da cidade, só não era um exemplo melhor porque não frequentava a igreja, mas tudo começou a mudar quando conheceu uma mulher chamada Mari Robbinson que era líder na comunidade cristã.
Taylor passou a frequentar cada vez mais a igreja e juntamente a isso, sua personalidade e comportamentos começaram a mudar também deixando-o mais distante de sua família e a tratar todos a sua volta de uma maneira grosseira em

quinta-feira, 24 de dezembro de 2015

Lendas natalinas: Belsnickel

Belsnickel foi uma lenda bastante difundida durante a Idade Média, principalmente em países  de língua germânica  e também foi um dos primeiros personagens folclóricos a distinguir crianças boas e más, e diferente do papai noel anunciava a sua chegada batendo em janelas ou portas, sua vestimenta também era distinta usava um saco preto e uma máscara assustadora em seu rosto; o Belsnickel não era uma nem boa e nem má, ele agia conforme o comportamento das crianças, e as mesmas eram ensinadas ou amá-lo ou a odiá-lo, para as crianças era costumeiro deixar frutas, meias, brinquedos ou outros itens legais, agora as más a coisa mudava um pouco de figura, essas eram atraídas para a floresta, onde eram castigadas até aprenderem a se comportar ou então eram arrastadas de suas camas e nunca mais eram vistas, e ainda diziam que aquelas que recebiam uma segunda chance tinham que fazer algo para agradar o Belsnickel como cantar, recitar e fazer pequenos truques de mágica, e aquelas que executassem bem voltaria para seus pais, o que quase nunca acontecia.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Postagens

acompanhe

Comentários

comente também

Copyright © 2013 - Meu mundo e assim |
Design by Betto wert | Tecnologia do Blogger
    Twitter Facebook Google + YouTube